Sistema Android é o principal alvo de ataques maliciosos a dispositivos móveis

  Se ainda não possui um antivírus em seu smartphone / tablet Android, esta matéria é para você. Segundo estudo realizado pela Juniper Networks (empresa americana de TI), mais de 90% dos ataques maliciosos a dispositivos móveis tem como alvo o sistema operacional Android (clique aqui para ver o artigo original em inglês). O estudo, leva em consideração o período de março de 2012 a março de 2013, registrou a quantidade de 276,259 aplicações maliciosas. Um crescimento  de 614% em comparação ao período dos 12 meses anteriores. O estudo indica ainda que aproximadamente três quartos (73%) de todo o malware (qualquer software que tem como finalidade infiltrar ou criar dano aparelho, servidor ou rede) exploram vulnerabilidades nos pagamentos móveis. Outro levantamento, realizado pela Kaspersky Lab, empresa especializada na criação de software que protegem dos malwares, registrou que 99% dos novos malwares para dispositivos móveis são feitos para Android. O dado surpreendente é referente apenas ao primeiro trimestre deste ano de 2013. Assim como no estudo anterior, a maioria dos malwares (63% neste caso) tentam invadir o sistema de SMS dos aparelhos para tentar confirmar assinaturas de serviços e desviar dinheiro de clientes sem que a operadora desconfie. Tal tendência faz todo sentido, uma vez que a quantidade de smartphones e tablets não para de crescer e que o sistema operacional Android é o dominante entre estes dispositivos. Portanto, fica evidente a necessidade da instalação de um antivírus em seu Android. Isso reduz drasticamente a chance de seu aparelho ser invadido. Mesmo assim ainda há a possibilidade de sofrer ataques, pois já existem malwares praticamente impossíveis de serem eliminados. E quais os melhores antivírus para meu Android? Isso é assunto para um próximo artigo. Em breve traremos uma lista com os principais antivírus do sistema operacional do Google. Fique ligado. Ler no navegador

Postagens populares